Tarot



O homem é o único ser que carrega em si, uma vida física e outra espiritual.

A dimensão espiritual o aproxima do Criador, esta comunhão enche a sua existência de esperança, amor, submissão e mais uma série de qualidade que juntas, confere ao servo uma vida equilibrada e cheia do Espírito Santo. O amparo concedido por Deus, o faz andar sobre as dificuldades, numa perspectiva de vitória contínua. A vida é completa!

A opção de servir a Deus é uma escolha pessoal; despertada no coração pelo Espírito de Deus, cabe ao homem dar atenção e prosseguir no novo caminho ou não. Infelizmente uma grande maioria da população não atende este chamado, a conseqüência é um sentimento de vazio e desesperança constante. Esta sensação alcança a todos os níveis sociais, indistintamente.

O diabo, sempre, astuto e hábil não perde a oportunidade e expõe o seu poder, aos quatros cantos da terra. Mostra-se vivo e atuante, revestido de grande autoridade. A dois mil anos atrás, Paulo lança um alerta, e descreve a futura manifestação do inimigo como: “Anjo de luz e ministro de justiça” (2Co 11.14,15). Oh graças! A palavra de Deus se cumpre integralmente. É notório o agir do maligno nos dias atuais; mostra-se como um verdadeiro “anjo de luz”, pregando: o amor ao próximo; a necessidade de ser bom; a sinceridade; curas e dons, e demais qualidades de uma pessoa digna! Os seus “cavalos” (discípulos), incontestáveis “ministros de justiça”, preocupados com o bem-estar da humanidade praticam a caridade e clamam por justiça social. Religiões e filosofias encontram aos milhares, algumas milenares, outras, relativamente novas; cada uma com um enfoque diferente (fé, cientifica, etc.), mas, convergindo numa só realidade: Contrárias aos princípios bíblicos.

Nesta mensagem o foco está sobre o TAROT. Não tem aparência de religião, no entanto, é uma prática altamente espiritualizada. Ensina que as cartas

O que é Tarot?

É um baralho composto de 78 cartas, dividido em 2 grupos principais: os Arcanos Maiores, compostos por um grupo de 22 cartas (numeradas de 0 a 21 ou de 1 a 22) e os Arcanos Menores, composto por um grupo de 56. Distribuídas em 4 naipes (Copas, Paus, Espadas e Ouros - como no baralho tradicional), cada um com 14 cartas, dispostas de As a 10, inclusas em cada grupo as figuras do Rei, Rainha, Cavaleiro e Valete. As cartas são ilustradas com o simbolismo universais, relacionadas às imagens arquetípicas que compõem os mitos e lendas, artisticamente representadas através do conjunto de formas (geometria), cores, figuras humanas, animais e vegetais, objetos e números, totalizando em códigos especiais de acesso à Alma humana.

O termo Arcano, literalmente significa oculto ou misterioso, evocando a idéia de um conteúdo ainda hermético que precisa ser aberto e revelado.

O Tarot servindo como instrumento advinhatório, ele servirá apenas para vislumbrar o futuro, conectando-se aos eventos presentes e passados. Como instrumento divinatório, estabelece a relação do homem com sua alma e essa, com Deus. Adivinhar significa decifrar algo que está oculto; já divinizar, estabeleceria a idéia de conectar com sua alma, com o universo, com o Criador.

Não existem "cartas positivas ou negativas" dentro do Tarot. Cada carta é adequada ao padrão de consciência do ser humano e definitivamente, a interpretação deve fugir da visão fatalista. Fatos "negativos ou positivos" analisados em consultas podem trazer até efeitos contrários, pois vivemos num universo impermanente. Por isso, quem determina a interpretação é o tarólogo e não o Tarot, pois o profissional deve apenas estar "afinado ou sintonizado" com seu inconsciente e as forças superiores.

As informações sobre o Tarot são diversas, mas, em todas elas vê-se que a mão do inimigo está presente. O futuro cabe a Deus, e ninguém tem acesso. Chega-se à conclusão que o Senhor Deus é totalmente dispensável.
Servo de Deus, não dê valor as palavras do inimigo, não seja seduzido pela sua astúcia. Jamais, consulte seus discípulos.

O maligno tem aproveitado este momento, são dias nos quais os homens se mostram sedentos pelas coisas espirituais, o diabo disponibiliza ao homem uma variedade grande de caminhos; é possível encontrar filosofias e religiões que agradam a todos os gostos. Partindo de rituais simplíssimos à complexidade de religiões seculares.

Os servos do Senhor Jesus precisam estar atentos, vigiando, para não se deixarem enganar pelo inimigo das almas em suas muitas manifestações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário