Namoro Cristão e Uma Armadilha Para Sansão


"Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis, pois, que sociedade pode ter a justiça com a injustiça, e que comunhão pode ter a luz com as trevas? Pelo que saí do meio deles e apartai-vos, diz o Senhor, e Eu serei para vós pais e vós sereis para Mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo Poderoso." IICor. 6.

Sansão é um triste exemplo de como a desobediência de um jovem crente a ordenança de Deus pode trazer aborrecimentos, infelicidade e desgraça. Um tipo de comportamento muito frequente, que pode ser evitado.
Sansão nasceu de um milagre, de uma promessa de Deus. Por duas vezes, o Anjo do Senhor apareceu e fez promessas a sua mãe, pelo motivo de que era um mulher estéril. Deus cumpriu com o prometido. Sansão nasceu e crescia cheio do Espírito Santo . Até o dia que seus olhos se encantaram por uma mulher ímpia.

Desde cedo, seu coração era atraído por iscas malignas. A Bíblia registra que tanto seu pai quanto sua mãe o advertiram por isso. Mas ficou apenas em uma advertência; não insistiram o bastante em seus conselhos. A pedido de Sansão, eles até o acompanharam à casa da primeira mulher de que ele gostara. Deu tudo errado. Foi como mexer em um ninho de vespas. A partir desse episódio a sua vida começou a correr ainda mais perigo. O diabo procurava matá-lo pela mão dos filisteus.

Continuando com sua desobediência, Sansão começou a procurar por prostitutas. Deus não tinha em mente a infelicidade dele. Nem aprovava suas atitudes. No entanto, Sansão sempre escolhia o caminho errado. Por isso Deus apenas adaptou os planos quanto a destruição dos filisteus.
Depois da prostituta, Sansão se enamorou de outra moça também da família dos filisteus. Seu nome era Dalila. Todo dia, ela perguntava a Sansão onde estava o segredo de sua força; ele sempre se esquivava contando mentiras. Até que começou a se angustiar muito, por causa da importunação constante, com que ela molestava sua alma. Foi por isso, que ele revelou que o segredo de sua força, era seu cabelo comprido que nunca tinha sido cortado.
Dormindo ele, cortaram-lhe o cabelo.

--Sansão! Acorda porque os Filisteus estão sobre ti!
Pensando que, como de costume, ele se livraria com facilidade, desta vez se enganou. O Espírito do Senhor já o tinha abandonado porque ele prosseguira no caminho da desobediência e ainda mais: abrira seu coração, com isto revelara toda sua intimidade para uma mulher infiel.
Furaram os olhos. Puseram-no a puxar uma pedra de mó para moer o trigo dos filisteus. Como um animal e ainda por cima sem os olhos. No fim, ele cumpriu o propósito de Deus quanto a destruição dos filisteus, mas foi a custa da sua própria vida.
Sansão morreu jovem, não teve um amor verdadeiro, não se casou, não formou um lar, não deixou filhos. Era fruto de uma promessa de Deus mas jogou sua vida fora porque nunca aprendeu a submeter-se à vontade do Senhor.

Cristão fiel deve buscar um par fiel. A Bíblia aconselha isso tanto no Velho quanto no Novo Testamento. Infelizmente, todo dia, há jovens saindo dos limites estabelecidos por Deus. E fora desses limites está o diabo, pronto para destruir a vida de quem procura andar no caminho de Sansão.
Cabe ainda uma orientação importante sobre profecias de namoro. A realidade mostra que o engano também acontece com muita frequência no meio dos cristãos. Há um um dito ímpio assim: "No amor e na guerra vale tudo". Este "vale tudo" é uma realidade na ocorrência de profecias encomendadas. Casamento é um passo tão importante, que não deve ser inspirado por profecia. Há "videntes" na Igreja especializados em brincar com sentimento alheio, passando-se por "jesus" sob encomenda ou querendo usar a Deus.

Para ouvir a voz de Deus orientando sobre quem é a pessoa que será seu cônjuge, é preciso fazer uma coisa: andar em santidade diante de Deus, porque o Senhor não fala nem orienta cristãos desconcertados.

Vamos apresentar um caso real para mostrar como a "profecia" de casamento é perigosa: certa jovem era uma bênção na sua Igreja. Seguindo sua chamada foi estudar em um Seminário. Lá no seminário ouviu uma profecia de que fulano era o "preparado" por Deus para ela. Ela casou com o fulano. Ficou grávida do fulano, mas o fulano era homossexual e "gostava" de moços, tendo oito casos em um curto espaço de tempo. Sua esposa não conseguia entender uma coisa: porque seu marido era gay, se ela estava grávida? Ela destruiu sua vida sentimental, por ouvir uma profecia de namoro.
Se este é o seu caso, não se engane nem se deixe enganar. O namoro de um cristão é um assunto muito sério, pois é a semente de um futuro lar. Para que este lar alcance todas as bênçãos prometidas pelo Senhor é preciso que o começo de tudo seja feito na direção do Senhor, em santidade e vigilância. Ore e aguarde a resposta de Deus antes de namorar; namore em santidade para não abrir a porta para o diabo; cuidado com o engano das "profecias" de casamento. Caso decida fazer diferente, as consequências ficam por sua conta.

| Autor: João Cruzué